Loading

HomeArtigosArtigos SEO25 Regras para um Website de SucessoConversão
picture


Receba os Nossos Artigos por E-mail:

Delivered by FeedBurner


Facebook do Site no Google Twitter do Site no Google Linkedin do Site no Google Linkedin do Site no Google Youtube da Melhor Empresa Google + do Site no Google

25 Regras para um Website de Sucesso - Conversão

25 Regras para um Website de Sucesso Site no Google.com

Conversão - 1 Novembro de 2011

PARTE 4 – Conversão

O próximo passo é converter um potencial cliente, num cliente efectivo. Não queremos que o cliente saia sem fornecer qualquer tipo de informação sobre si, pois dessa forma, perdemos a oportunidade de o acarinhar, até que este esteja pronto para comprar.

Mais à frente irá encontrar mais regras para aumentar a taxa de conversão num Website.

Calls to Action (CTA) eficazes
O objectivo de um Call to Action, quando bem sucedido, é levar o visitante a realizar uma certa acção desejada e pensada anteriormente, aquando da concepção de um Website. Os botões de Call to action são normalmente mantidos nofinal da página ou num sitio bem visível, para que os visitantes saibam onde é que tem de se dirigir para efectuar o passo seguinte.
Os Call to action são a chave para gerar visitantes em potenciais compradores, no entanto é necessário que sejam feitos de forma correcta.

• Devem ser grandes e terem mais destaque do que a maioria dos outros elementos da página, mas não devem ser usados em exagero.
• É importante pensar nas cores dos "Call to action" , quer sejam eles um link, um botão ou uma imagem. Faça-os de forma tão apelativa que as pessoas irão querer carregar neles.
• Ofereça Call to action que ofereçam valor para o visitante, como deixar um comentário/opinião ou consultar as políticas de privacidade. "Contacte-nos" é a pior forma de Call to action. Não confie apenas nesta solução, se quiser converter visitantes em potenciais compradores.
• Faça com que os Call to action sejam clicáveis, tornando-os em botões ou adicionando efeitos a um elemento.
• Menos é mais. Tem de ser simples e deixar claro o que é que está a oferecer aos visitantes.
• Sempre que possível: Teste! Testar diferentes cores, linguagem e a colocação a fim de saber quais os Call to action obtêm mais cliques e transformam mais visitantes em potenciais clientes/compradores.
Além de possuir botões Call to action, é também importante que sejam fáceis de encontrar.

Desta forma, há que pensar na localização destes botões, para que os utilizadores não sintam que existem demasiadas opções e que estas estão em todo o lado.

Considere o seguinte:

• Segmente as suas ofertas de acordo com o nível de envolvimento do cliente, ou seja coloque ofertas como donwloads, no topo da página. Em oposição a questões sobre preços e trials ( amostras de produtos – licenças experimentais, para que o cliente fique familiarizado com o produto), no meio da página. Desta forma garante que o cliente não sente que lhe está a impingir ou a obrigar a adquirir um determinado produto.
• Coloque os Call to action, tanto em cima e em baixo nas páginas. O topo de uma página é importante porque normalmente tem mais visualizações, no entanto existem outros locais que também têm a sua relevância e que devem ser usados, tais como o rodapé e até mesmo no meio da página, no conteúdo principal.
• Alguns estudos sugerem que se coloque os Call to action no lado direito da página, pois funciona melhor. Contudo, é importante testar o que é realmente eficaz para o seu site.
• Aposte nas mensagens de agradecimento em Call to actions adicionais. Uma mensagem de agradecimento é aquilo que o utilizador vê quando completa um formulário, ou responde a um inquérito. Em compensação, ofereça também downloads adicionais e mais Calls to action (mas tudo isto, se possível, sem que o utilizador tenha de preencher outro formulário).
• Teste, teste e Teste! Como indicado na imagem anterior, não é claro qual das opções irá apresentar uma maior taxa de conversão. Testar diferentes posicionamentos é vital para saber quais as soluções que funcionam melhor para o seu website.

Páginas de chegada
Agora que possui óptimos Call to action, só precisa de direccioná-los para as páginas de chegada.
Páginas de Chegada (Landing pages), são muitas vezes chamadas de Páginas de Captura de Leads e são usadas para converter visitantes em potenciais clientes, fazendo-os completar uma transacção ou conseguindo recolher alguns dados dos mesmos, como os seus dados pessoais, por exemplo. As páginas de chegada consistem em:

• Um Título e um Subtítulo ( sendo este último opcional)
• Uma breve descrição sobre a oferta/ sobre o Call to action
• Pelo menos uma imagem que esteja relacionada com a oferta
• Elementos de suporte como testemunhos ou garantias de segurança (opcional)
• E o mais importante: conseguir alguma informação sobre o visitante, através do preenchimento de um formulário (por exemplo).
As páginas de chegada dirigem os visitantes para um local em especifico mas sem as distracções que muitas vezes um website oferece, funcionam como atalhos. Os visitantes estão numa página de chegada apenas por um motivo: para que consigamos obter informação sobre eles e para os transformar num potencial cliente.

O que faz de uma página de chegada uma página eficaz?

• Inclua elementos presentes em páginas anteriores mas reduza-os ao mínimo. Mantenha as suas páginas simples e com poucas distracções.
• Nunca use a sua Homepage como uma página de chegada.
• Remova o menu de navegação destas páginas, para que o visitante esteja concentrado apenas em completar o formulário e não em navegar pelo website.
• Deixe claro qual é o produto que está a oferecer e torne-o irresistível.
• Garanta que o conteúdo da sua página de chegada é igual ao seu Call to action, pois se não existir uma relação entre os dois, os vistantes irão procurar pelo botão "voltar".
• Reduza a fricção – não obrigue os visitantes a pensar demasiado ou a percorrer demasiados passos (exemplo: leituras extensas).
• Use o formulário mais correcto e solicite só a informação que seja absolutamente indispensável.

Páginas de chegada eficazes, são o que irão tornar o seu website numa máquina que gera potenciais clientes.
Exemplo de uma má página de chegada – Landing Page:

• Não sabemos ao certo, o que é que a página oferece.
• Não é claro para que é que me estou a inscrever/fornecer os meus dados.
• Demasiado texto. Ninguém lê tanto texto.
• As imagens do produto (screen shots)são confusas.
• Não há formulários directos para esta página, a fim de captar informação útil sobre o visitante.
• O comprimento da página é demasiado longo.
• A venda está muito centrada nas características do produto e não no seu valor.
• Não existem testemunhos de clientes, nem casos de estudo.

Exemplo de uma boa página de chegada:

• A navegação principal foi removida.
• O logótipo da Empresa mantém-se no canto superior esquerdo.
• O titulo é claro e esclarecedor, descrevendo a oferta.
• A imagem é clara e está em consonância com a oferta.
• Breve descrição da oferta (em forma de lista).
• Formulário directamente na página de chegada.
• O conteúdo centra-se no valor e não nas características.
• O comprimento da página não é demasiado longo.

Formulários
Formulários são vitais numa página de chegada, sem eles não há nada para o utilizador fazer naquela página específica. Formulários dão jeito quando se trata de subscrever a um site ou Newsletter, ou fazer o download de uma oferta.
Deve estar a pensar na quantidade de informação que um formulário requer. Não existe uma regra em relação a esse aspecto. Porém, é aconselhável que apenas peça a informação de que realmente necessita.
Quantos menos campos um formulário tiver, mais conversões irá conseguir. Pois o utilizador quer algo simples que lhe dê pouco trabalho. Um formulário longo assemelha-se a trabalho e é geralmente evitado a todo o custo.
Ainda assim, quanto mais informação pedir, mais ficará a saber sobre os seus contactos. Contudo é sempre importar testar o que é que é mais eficaz.

Recomendações para a elaboração de formulários:

• Peça só a informação de que necessita e tenha cuidado com o tipo de informação que solicita, pois pode ferir susceptibilidades.
• Pense no valor da oferta. Quanto mais valiosa parecer a oferta, mais informação poderá pedir em troca. Se é uma subscrição de Newsletter, peça o endereço de e-mail e o 1º nome, no máximo.
• Reduza a ansiedade. As pessoas estão cada vez mais reticentes em dar os seus dados pessoais, por motivos de spam e etc. Acrescente ao seu documento de políticas de privacidade, que o endereço de e-mail não será partilhado e/ou vendido.
• Não use a palavra submeter, ninguém quer submeter nada, em vez disso escreva: "Obtenha o seu e-book grátis", ou "Receba a nossa newsletter".
• Se está a publicitar uma oferta que pode ser sua através de download, atacés de um call to action, é preferível disponibilizar tudo ao utilizador. Pois este não quer andar à procura de nada. Uma alternativa é enviar um e-mail automático que contenha um link para uma oferta. No entanto, é recomendável que o link esteja apto logo que se submeter o formulário.

Por falar em Newsletters, é importante que ofereça a possibilidade de subscrever à newsletter, através do seu Website
Nem todos os call to action necessitam de ser grandes ofertas. Newsletters ou listas de e-mail são a forma perfeita para coleccionar endereços de e-mails para que possa "mimar" os seus potenciais clientes. Certefique-se apenas que é fácil encontrar o formulário de subscrição.

picture picture picture
Voltar ao Topo


Campanha 2012

Como ter um Website Profissional pesquisável, com técnicas SEO, a partir de 48 €!

Ler Mais Campanha Amigos



Site no Google: Nossos planos para Criar Website



Seo Ready
Seo Bronze
Seo Prata
Seo Ouro
Veja todos os Nossos planos SEO
Veja as Diferenças dos Nossos planos SEO
25 Regras para um Website de Sucesso

Site no Google é:



Inbound
Seo On-Page
Seo Off-Page
Link Building
Landing Pages
Google AdWords
Google Analytics
Artigos Site no Google
Glossário Web 2.0
Infografia Site no Google
Portefolio Site no Google

Site no Google é:



Campanha 2012 Site no Google
Como Ter um Site
Como Abrir um Site
Modelo de Site
Layout Site
Site Profissional
Novidade
Aproveite
Montagem de Site
Comprar Site

Site no Google Últimos Artigos





Redes Sociais
Leia em : Redes Sociais

Redes Sociais é com o Site no Google
Posted on 11 Apr 2012 by soromenhop
O Marketing 2.0 não pode Ser Despresado!!
Leia em : Marketing

marketing 2.0 é com o Site no Google
Posted on 11 Apr 2012 by soromenhop
Porque o Google Analytics é Imprescindível???
Posted on 11 Apr 2012 by soromenhop
SEO em Portugal é Site no Google
Posted on 11 Apr 2012 by soromenhop
25 Regras para um Website de Sucesso
Posted on 05 Apr 2012 by soromenhop

<< Previous 1 2 Next >>

Content Management Powered by CuteNews